domingo, 8 de março de 2009

Dia da Mulher



Como hoje é dia da Mulher, gostaria de deixar um beijinho a todas as meninas que vierem visitar este humilde estaminé.

Espero que tenham um óptimo dia, que a vossa cara metade seja um fofo para vocês, que vos dê muitos beijinhos e toda a atençao que precisarem (e já agora, que também vos dê isso tudo, nos outros 364 dias...).

Beijinhos para todas, aproveitem o dia e se possível, nao sejam embirrentas com os meninos.

9 comentários:

K. disse...

Esta foto será mais para o dia do Travesti...

Mas não, se calhar estou enganado... Se calhar é uma das ditas "meninas" que andam por aí no rig...

T disse...

K,

a fotografia é a mostrar que as mulheres, no trabalho e na vida social, devem ser tratadas como iguais, por isso, se quiseres fazer xixi como os meninos, têm todas as oportunidades!

:P

Mas até lhes dá charme fazerem um xixizinho sentadinhas....

rita disse...

Tenho que dizer que na minha opinião esta fotografia não é de facto a imagem mais bonita. Bem mas fica a intenção, ainda que a questão não seja as mulheres serem/fazerem tudo igual aos homens... mas não vou desenvolver o tema que teria que deixar um comentário enorme :-)

As mulheres que em mtas partes do mundo carregam os filhos, a lenha, a água, tratam dos maridos, dos filhos, dos pais, enquanto outras enchem licenciaturas e mestrados e depois desaparecem nos doutoramentos, porque conciliar família e carreiras exigentes é quase impossível. Ás vezes conseguem e fazem pequenos milagres.
Acredito que chegará o dia em que não sejam precisos milagres nem seja preciso manter a existência de um dia da mulher :-)

T disse...

A fotografia é só para mostrar igualdade de opçoes... se as meninas querem fazer xixi, também podem fazer, nao ha problema.

Rita,

conciliar carreiras e familias é muito complicado e será sempre. A nao ser que se recorra a barrigas de aluguer e a amas...

Para mim, essa é unica hipotese e mesmo assim, a criança vai sentir-se mais ligada à ama ou aos pais?

A minha mae, é juiza e quando foi colocada no Norte de Portugal, foi sozinha, comigo e com o meu irmao, que na altura tinha 3 meses... arranjou uma empregada que morava connosco e fazia tudo o que ela n podia por estar a trabalhar.

Conseguiu conciliar a familia e a carreira, embora sempre super cansada!

Obrigado pelo/s teu/s comentário/s!

T disse...

*xixi em pé...

K. disse...

Só dá charme fazerem sentadas porque ao ver uma fazer de pé ainda julgo que estou na Tailandia, no Brasil, ou, ainda pior... no CONDE REDONDO!!!

Al-T disse...

Por falar em Conde Redondo...

Ha algumas semanas, passei por lá com um casal de amigos, e estava uma daquelas fêmeas que nao nasceu fêmea, em cima de um carro, com pose à Playboy...

Foi gargalhada até chegar a Telheiras!!!

rita disse...

Parabéns pela mãe que tens :-) que eu também estou de Parabéns pela minha. E sem querer correr o risco de tornar este comentário demasiado sentimental, família é família e é uma felicidade tê-la. Não percebo os que não lhe dão valor, mas há histórias e histórias.

Não tens nada que agradecer os comentários :-)

aliás um destes dias se quiser perceber claramente o que é um "rig" terei que explorar este blog e já sei que terei que escrever mais umas coisas. Desde pequena que sempre tive dificuldade em ficar calada, coisa irritante de ter que dar opinião sobre tudo..!

Al-T disse...

Um "rig" é tipo a plataforma, mas como estou no meio do deserto e aqui nao ha plataformas, sao "rigs".

É tudo rigs, que a traduçao seria plataforma... mas como estou no deserto... digo "rig" e pareço fino!!